4ª edição do Out Fest anima Cascais em maio

A 4ª edição do Out Fest #ElectronicSunFestival arranca nos próximos dias 25 e 26 de maio em Cascais, no Parque Marechal Carmona, para mais um evento recheado de música eletrónica e muita animação.
Após três edições de grande sucesso, o festival regressa para “mais um fim de semana descontraído que combina a melhor música, com as mais refrescantes sidras”, numa organização da NCS em parceria com a Câmara de Cascais e com o apoio da SOMERSBY, este ano associado a duas produtoras do país no que diz respeito a este tipo de música.
No sábado, a música terá a assinatura da Bloop, enquanto que o domingo será exclusivo da Fuse. O palco principal preserva o mesmo formato dos anos anteriores, onde o estilo musical vai desde a linha soul à eletrónica, progredindo consoante o horário. O palco secundário, próximo da zona das crianças, adota um estilo mais groovie e funky, num formato “silent garden” até às 20 horas.
A 25 de maio, primeiro dia do festival, destacam-se no palco principal, nomes como dOP, uma banda que utiliza a música eletrónica de dança para apresentar um Live Act eloquente e carismático; Simian Mobile Disco, uma dupla inglesa autora do single de sucesso “The county”, bem como Diana Oliveira – dj que integra um dos projetos mais interessantes do “underground” nacional -, e Elless & amp, Benn, Cruz, Magazino, entre outros.
No mesmo dia, no palco secundário, as atenções vão para Afonso, Señor Pelota e Cumbadélica, um projeto que junta culturas e pessoas de diferentes regiões do mundo.
O segundo dia a 26 de maio, destaca no palco principal Guti, um artista argentino que vive a dar outro significado ao Jazz e ao Rock nas suas atuações, MANDY, uma dupla berlinense de sucesso de música eletrónica, Analog Music Project, um espetáculo que utiliza instrumentos musicais elétricos antigos, Zé Salvador, Gilvaia, entre outros nomes do mundo da música eletrónica. No mesmo dia, no palco secundário, o protagonismo é de Sonidera, John Player Special e ainda Mojo &amp, Rosso Discos, uma dupla que desarma corações com temas sedutores de soul, funk, disco e hip-hop.
“Para prolongar os dias de dinâmica musical”, o festival introduz ainda uma novidade. De acordo com a organização serão duas as festas ao final de tarde, na quinta e sexta feira antecedentes ao evento principal, entre as 17 e as 22 horas, com entrada gratuita. Enquanto que na quinta o foco destina-se a um showcase da Bloop, nas Piscinas Oceânicas do Tamariz, na sexta as atenções centram-se num showcase da Fuse, no Anfiteatro da Casa da Guia.

Partilhe este artigo no Facebook