21ª edição do FMM Sines com cartaz completo

Organizado pela Câmara de Sines, o programa de concertos do 21.º FMM Sines – Festival Músicas do Mundo, que acontece entre 18 e 27 de julho, já se encontra completo.

Para a edição deste ano, estão programados 51 concertos de 31 países, distribuídos por 10 dias de música. De acordo com a organização, os primeiros três na aldeia de Porto Covo (dias 18, 19 e 20) e os restantes sete em Sines (entre 21 e 27 do mesmo mês).
Em Porto Covo, o festival acontece na praça central da aldeia, no Largo Marquês de Pombal, onde estará montado o palco INATEL. Em Sines, estão previstos concertos no castelo medieval, no passeio marítimo da Praia Vasco da Gama, no Largo Poeta Bocage e no auditório do Centro de Artes de Sines.



Vencedor do prémio de melhor festival nacional nos Iberian Festival Awards 2019, além dos prémios de festival português com melhor programa cultural e de festival ibérico que melhor promove o turismo, o FMM Sines apresenta-se como “uma experiência de descoberta e diálogo intercultural através da música”.
Em 2019, o festival convida os espetadores a viajar com músicos e músicas da África do Sul, Alemanha, Angola, Argélia, Arménia, Bélgica, Brasil, Burundi, Cabo Verde, Colômbia, Coreia do Sul, Costa do Marfim, Espanha, Estados Unidos, bemo como da Finlândia, França, Gâmbia, Gana, Índia, Jamaica, Líbano, Malásia, Marrocos, Moçambique, Nigéria, Palestina, Portugal, Reino Unido, Síria, Togo e Tunísia. Burundi e Malásia.
A 21.ª edição do FMM Sines será também marcada pela afirmação da criatividade feminina, com destaque para as artistas africanas e da Ásia, participa um grupo formado apenas por mulheres. A música folk, sempre presente no alinhamento do festival, conta em 2019 com as bandas portuguesas Ronda da Madrugada, Gaiteiros de Lisboa e Tranglomango e os galegos Davide Salvado e Banda das Crechas.
Para além dos concertos, a 21.ª edição do FMM Sines vai oferecer um programa de iniciativas paralelas, com animação de rua e dos palcos, exposições, ateliês e espetáculos para crianças, encontros com artistas do festival, oficinas de música, visitas guiadas, feira do livro e do disco, encontros com escritores, ciclo de cinema e sessões de contos.

Partilhe este artigo no Facebook