Concerto inaugura IV Festival de Música de Mafra

Uma nova orquestra e uma nova composição musical estreiam amanhã, dia 30, no Dia do Município de Mafra, pelas 21h30, no Largo Coronel Brito Gorjão, junto ao Complexo Cultural da Quinta da Raposa, naquele que será o concerto inaugural do IV Festival de Música de Mafra “Filipe de Sousa”, promovido pela câmara municipal e pela Fundação Jorge Álvares.

Criada para este festival, a Orquestra Sinfónica do Festival de Música de Mafra “Filipe de Sousa” vai acompanhar os pianistas brasileiros Lígia Moreno e João Elias Soares, sob a direção dos maestros Armando Mota e José Ferreira Lobo.
Dedicado ao Brasil, o evento deste ano prossegue a 1 de junho com a pianista Simone Leitão a tocar obras de Heitor Villa-Lobos, Bach e Busoni, Mehmari e Rachmaninoff e, um dia depois, com os brasileiros Lígia Moreno e João Elias Soares, na leitura de Rachmaninoff e Ravel. Dia 15, o pianista João Elias Sousa apresenta obras de Cláudio Santoro, Villa-Lobos, Rachmaninofff, Scriabin e Liszt.
A 22 de junho está previsto um concerto do pianista português Vasco Santas dedicado à água, reunindo obras alusivas ao tema, de Ravel, Debussy, Liszt e Schulz Evler. No último dia daquele festival, tem lugar um concerto na Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra, para recordar a ligação à música do escritor José Saramago, que tinha no violoncelo o seu instrumento preferido.



Neste espetáculo, com estreia absoluta, o público vai ser presenteado com uma obra do compositor português Armando Mota, encomendada para o efeito, como tributo ao mafrense de adoção. O programa inclui também o Concerto para piano e orquestra de E. Grieg e o Concerto n.º 2 para piano e orquestra, de S. Rachmaninoff.
Os bilhetes estão disponíveis nos postos de turismo de Mafra e Ericeira, na Ticketline e nos locais de realização do espetáculo, duas horas antes do início do mesmo, com um custo de cinco euros para o público em geral e de três euros para munícipes ou menores de 23 anos. Foto: CMM

Partilhe este artigo no Facebook