Festival de Marionetas regressa a Oeiras para 4ª edição

A quarta edição do MÓ – Festival de Marionetas regressa a Oeiras entre os dias 30 de maio e 2 de junho, este ano com o maior cartaz de sempre, numa iniciativa que vai animar diversos espaços do concelho, organizada pelo Mãozorra Teatro de Marionetas e a câmara municipal.
O Largo da igreja, no Centro Histórico de Oeiras, o Recinto da Feira, o Auditório Municipal Eunice Muñoz e o Palácio do Egipto, bem como as escolas públicas do município, acolhem vários espetáculos de marionetas, entre outras atividades. Na edição de 2019 participam no festival companhias de marionetas profissionais oriundas não apenas de Portugal, mas também da Bélgica, Chile, Itália e Grécia. Em destaque no Mó vão estar diferentes técnicas de manipulação tais como marionetas de fios, teatro de objetos, passando pelos tradicionais e habituais Robertos ou pelas marionetas de manipulação direta e de vara.



A programação para o público escolar acolhe nos dias 30 e 31 de maio, espetáculos de Portugal e Itália e inicia-se para o público em geral a 1 de junho, pelas 21 horas, no Recinto da Feira. Com uma programação diversificada, outra das apostas vai passar por espectáculos noturnos, mais intimistas e de pequeno formato, caso do evento que acontece na mesma noite, às 22 horas, no auditório Eunice Muñoz e no Palácio do Egipto.
A programação integra ainda uma Oficina de Construção de Marionetas e um Mercado de Artesanato, encerrando com a cerimónia de Entrega de Prémios no Palácio do Egipto. No total, serão vinte espetácuylos, uma oficina e um mercado, dois prémios e muita animação, sendo de destacar que haverá estacionamento gratuito no parque da Santa casa da misericórdia.
Recorde-se que o MãoZorra Teatro de Marionetas é uma companhia fundada em 2012, que tem como objetivo a “promoção e produção de atividades de cariz tradicional e contemporânea nas áreas do teatro, no teatro de marionetas, formação e animação”, razão pela qual promove variadas atividades, ateliês e outras manifestações artísticas que têm por objetivo incentivar a criatividade nas áreas a que se propõe. O festival Mó conta com a parceria, entre outros, do Museu da Marioneta, EGEAC e Fundação Inatel.

Partilhe este artigo no Facebook