‘Cirque du Soleil’ apresenta ‘Corteo’ em janeiro

“Corteo”, a produção de arena mais “encantadora” do “Cirque du Soleil” está em digressão pela Europa, com 13 espetáculos agendados para Lisboa, na Altice Arena, de 3 a 12 de janeiro, numa produção criada por Daniele Finzi Pasca, que estreou em Montreal em formato tenda, em abril de 2005 e desde então já conquistou mais de nove milhões de pessoas, em 19 países, de quatro continentes.

“Corteo”, que quer dizer cortejo em italiano, é “uma alegre procissão, uma parada festiva imaginada por um palhaço”, num espetáculo que reúne a paixão de um ator com a graciosidade e o poder de um acrobata, que mergulha o público num mundo teatral de divertimento, comédia e espontaneidade, situado num misterioso espaço entre o paraíso e a terra.
O palhaço “imagina o seu próprio funeral realizar-se num ambiente de Carnaval, vigiado em silêncio por anjos zelosos”. Ao juntar o grande com o pequeno, o ridículo com o trágico e a magia da perfeição com o charme da imperfeição, o espetáculo realça “a força e a fragilidade do palhaço, assim como a sabedoria e a bondade, de modo a ilustrar a parte da humanidade que se encontra em cada um de nós”.



O conceito e a disposição do palco garante ao público um ambiente teatral como nunca antes visto, num espetáculo do ‘Cirque du Soleil’ em arena. As cortinas do cenário, inspiradas pela Torre Eiffel e as cortinas centrais, que foram pintadas à mão, dão a sensação de grandiosidade ao palco, estabelecendo o tom para a poesia de “Corteo”, cujo elenco inclui 51 acrobatas, músicos, cantores e atores de todo o mundo.

Partilhe este artigo no Facebook