Yara Gutkin lança “MAMA” em Sintra no dia 14

A cantora Yara Gutkin regressa no próximo dia 14 ao Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, juntamente com o Coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras depois de estrear o musical “Missão Terra”, desta vez para lançar o seu primeiro álbum “MAMA”, ao qual se juntam novos músicos na banda, convidados especiais e outras surpresas musicais.

Lançado a 24 de maio, o trabalho da cantora, pianista, compositora e maestrina coral, nascida em Madrid, na vizinha Espanha, conta com uma carreira musical de mais de 20 anos, que iniciou-se com a dobragem de filmes da Disney, onde também participou como cantora.
Desde então, Yara participou em vários grupos, um deles o duo de piano e voz “Gutkin & Queener”, na banda de Júlio Pereira, atuando ao lado de artistas como Mayra Andrade, Rui Veloso, António Zambujo e João Afonso.
A artista obteve ainda o primeiro prémio no concurso “Global Youth Music Contest”, promovido pela ONU na Rio+20, em 2012, com a canção “Meu Planeta Azul”, que representou Portugal no mundo entre 138 países.



O seu álbum de estreia “nasce das raízes e vivências em Portugal, Espanha, Argentina, Cuba e Brasil, que se sentem de uma forma muito íntima e familiar”. Trata-se de uma “viagem com cheiros e alusões à mãe natureza que vai desde as águas do Amazonas, donde provém o nome ‘Yara—mãe d’água’ das culturas indígenas aos recifes de corais”.
O novo trabalho revela a “poesia e afetividade da canção de embalar, superando o objetivo de adormecer o bebé”, com a cantora a percorrer canções desde a mais tradicional até à mais atual, tratadas de forma “única e variada”, com escritas num “tom intervencionista, que reclama o papel da mulher na contemporaneidade”. “MAMA” compõe um retrato do que é ser mulher e mãe, com canções para o filho que vai nascer.

O disco reúne 14 canções e tem como protagonistas a música e a poesia, na medida em que apresenta temas de José Afonso, Vinicius de Morais, Toquinho, Fernando Pessoa, Miguel de Unamuno e José Mário Branco, entre outros, para além de originais, incluindo o tema “Reefs” da autoria de Yara Gutkin ou o tema “Deixa ser a mais” com a co-autoria de Kent Queener e Catarina Sobral. “Tu que dormes” e “Canção ao menino” de Carlos Gutkin, bem como o tema “Acalanto”, uma canção de Pedro Branco dedicada ao projeto, também fazem parte do alinhamento deste álbum.
O projeto não se encerra num único estilo musical, com influências eruditas e jazzísticas combinadas com uma base mais tradicional, onde predomina a música portuguesa. Kent Queener desempenha o papel de arranjador, produtor e compositor de “MAMA”. O disco conta ainda com a participação dos músicos Norton Daiello, Diogo Picão, Alexandra Marquez, Rui Meira, Sandra Martins e o Coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras, num projeto “dedicado ao meu filho Noam”, destaca Yara Gutkin.

Partilhe este artigo no Facebook