Barreiro em festa entre 9 e 18 de agosto

As Festas do Barreiro, que acontecem de 9 a 18 de agosto, na margem sul dos Tejo, abrem este ano ao som dos Calema, com uma programação diversificada no Palco das Marés, que vai levar à zona ribeirinha daquele concelho vários artistas do panorama musical português.

Cuca Roseta, Chico Moreno, Moonspell, Emanuel, Deixem o Pimba em Paz – com o comediante Bruno Nogueira e Manuela Azevedo (vocalista dos Clã) -, Jimmy P, Bárbara Bandeira, DJ Kamala, David Carreira ou abrir os Calema, são os artistas que fazem parte do cartaz deste ano das Festas do Barreio, com espetáculos que prometem atrair milhares de pessoas ao recinto das festas. Os concertos estão agendados diariamente para as 22 horas, todos com entrada gratuita.
A abertura oficial está marcada para as 20 horas de sexta-feira, dia 9, no mesmo espaço, junto ao Mastro/Painel, sendo precedida pelo Desfile do Movimento Associativo, com saída dos Paços do Concelho, às 19h30, num percurso entre a Rua Miguel Bombarda e a área dos festejos, ao som dos “Charangueiros” da Banda Municipal do Barreiro, que vão acompanhar aquele desfile.



Programação Palco das Marés:

09 agosto | Calema
10 agosto | Cuca Roseta
11 agosto | Chico Moreno
12 agosto | Moonspell
13 agosto | Emanuel
14 agosto | Deixem o Pimba em Paz
(com o comediante Bruno Nogueira e a vocalista dos Clã, Manuela Azevedo)
15 agosto | Jimmy P
16 agosto | Bárbara Bandeira
17 agosto | DJ Kamala
18 agosto | David Carreira
Fogo de artifício após concerto de encerramento, na Av. Bento Gonçalves, no Rio Tejo

Para além dos concertos no palco principal, diariamente, a partir das 23 horas, o ‘Spot da Juventude’ vai apresentar uma programação eclética e “alternativa” para terminar cada uma das noites de verão na Avenida Bento Gonçalves.
Mas antes, pelas 18 horas, haverá um “Sunset” para marcar o final da tarde.
O ‘Spot da Juventude’ é programado numa parceria da Câmara do Barreiro com algumas das associações culturais mais dinâmicas e impactantes a trabalhar na cidade (OUT.RA, Gasoline, ADAO e Hey Pachuco).



As festas contam ainda com diversas atividades desportivas, como cicloturismo e escalada, para além de momentos tradicionais.
Recorde-se que o Moinho de Maré Pequeno, teve “um papel importante na atividade comercial, produzindo farinha desde o século XVII”. Com um longo interregno na sua atividade, surge agora para uma “nova missão”, como Centro Interpretativo, servindo de “porta de entrada” para o circuito moageiro do Barreiro. Naquele espaço, os visitantes podem interagir e tomar conhecimento do passado moageiro e do papel que o Barreiro teve em vários momentos da sua história.

Programa Religioso

As Festas do Barreiro realizam-se em Honra de Nossa Senhora do Rosário, motivo pelo qual o seu cartaz inclui um “Programa Religioso”, com a Procissão Solene no feriado do dia 15 de agosto, como um dos pontos altos, que atrai milhares de pessoas e proporciona “momentos de grande emoção”. A realização da Barrind – Mostra Comercial e Industrial, com uma área reservada ao artesanato, tasquinhas, bares e outras novidades, são outras das atrações presentes nas festas deste ano, tendo “uma forte componente ao nível comercial, industrial, empresarial e gastronómica”.
A par dos concertos das festas, decorrem ainda outras atuações no Motoclube do Barreiro, a partir das 23 horas, nos dias 9 (The Rockers), 14 (Klassicos), 16 (Mcb band) e 17 de agosto (Nuggyland).
Na edição das festas de 2019, foram também criadas duas zonas de estacionamento alternativo,
no Largo do antigo campo do FC Barreirense, junto ao Jardim dos Franceses, com acesso pela Rua 2 do Parque Empresarial da Quimiparque, bem como no terreno da Baía do Tejo, com acesso pela Rua 2 Parque Empresarial da Quimiparque, junto ao Forum Barreiro. Os parques são geridos pelos agrupamentos de escuteiros do concelho, entre as 19 horas e a meia-noite. Foto: CMBarreiro

Partilhe este artigo no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *