‘Atão Porque Não?’ marca regresso das Moçoilas

A edição física do álbum “Atão Porque Não?”, marca a partir de hoje a celebração dos 25 anos de carreira das ‘Moçoilas’, um trio composto por Inês Rosa, Margarida Guerreiro e Teresa Silva.

Recorde-se que o grupo nasceu da vontade de “reacender e recuperar os cantos do Sul”, mais precisamente da região do Algarve. Esquecidos ou escondidos no tempo e nas profundezas de uma serra repleta de sons, cheiros, cores e saberes únicos, estes cantos fazem parte e representam uma grande parte do nosso patrimônio cultural, refletindo a “alma e as tradições de uma Serra do Caldeirão, onde o canto sempre foi uma identidade nacional”.

Reinterpretando muitos dos antigos temas e enriquecendo-os com a sua própria energia, modificando uns, apropriando-se de outros e preparando caminho para novas melodias e novas canções, o grupo Moçoilas está agora de parabéns, comemorando 25 anos de uma prestigiada e longa carreira, repleta de aventuras, sucessos, experiências e partilha de memórias. Nada melhor do que celebrar esta data, com o lançamento de um novo álbum, que dá pelo nome de “Atão, Porque Não?”.



Regressando à Serra Mãe deste projeto, o álbum reata vivências, traz à luz as vozes das mulheres desta serra e reacende memórias de outros tempos. “Tempos de vivências pesadas, mas agora reavivados sob a forma de novas e alegres sonoridades, que não esquecem os desalentos da vida, mas que os transformam no reflexo de uma força e tenacidade, próprias das mulheres do Sul”, destacam.

O som emergente renasce da necessidade de se continuar a fazer ouvir e afirmar as sonoridades de base, da raiz, da terra e de uma cassete desencantada no fundo de um baú, onde se descobriram sons e cantares recolhidos nos anos 90, nas localidades de Currais e Cachopo. Trata-se de um mix criativo, onde o tradicional e o moderno se unem pela voz das Moçoilas, acrescentando outras cantigas que têm acompanhado o grupo, mas ainda não editadas, e outras novas, eternizando alma dos cantos da serra.

Partilhe este artigo no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *