Mostra ‘Raízes’ na Casa-Museu Medeiros e Almeida

A Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, recebe de 8 de outubro a 2 de novembro a exposição coletiva “Raízes”, que reúne quatro artistas de diferentes gerações e cujas afinidades ou disparidades, convergem “num inesperado desafio ao público”.

Neste conjunto de cerca de 50 peças, a pintura é a grande rainha, no entanto, não são alheias as diversas experiências profissionais dos autores em outras expressões artísticas, como o desenho ou a arquitetura. Entre eles contam-se Jorge Martins, consagrado expoente do Desenho e da Pintura em Portugal, com projeção internacional, bem como Patrícia de Herédia, pintora cujo trabalho, por vezes com recurso a mixed-media, continua a afirmar-se. Presentes estão ainda trabalhos de Duarte Filipe, jovem formado na Europa Central que utiliza a técnica do desenho a grafite ao serviço “duma criatividade e imaginação surpreendentes” e, finalmente, João de Almeida, veterano da arquitetura que, em final de carreira, obsessivamente atraído pela temática da natureza, se vira para a prática do desenho e da pintura.



Recorde-se que Jorge Martins nasceu em 1940, em Lisboa, e frequentou os cursos de Arquitetura e Pintura da Escola Superior de Belas Artes. Viveu em Paris, entre 1961 a 1976, onde conviveu com a elite de artistas portugueses exilados. De 1975 a 1976 monta um ateliê em Nova Iorque. São inúmeros os prémios que virá a receber pela sua obra.
Já Patrícia de Herédia, também nascida em 73 na capital, desenvolve o seu trabalho de pintura em Carcavelos, onde tem um ateliê de trabalho permanente. Desde cedo manifestou grande interesse por todas as formas de expressão artística. Estudou Arte nos Estados Unidos da América, tendo concluído o ensino secundário na Florida. Frequentou os cursos de Pintura, de História de Arte e de Desenho de Modelo, na escola de arte Ar.Co, em Lisboa, expondo regularmente desde 2007. Participou ainda em diversas exposições conjuntas e individuais nos últimos anos.



O lisboeta Duarte Filipe, nascido em 1984, inicia a sua formação na área da Fotografia e do Desenho em 2002, tendo passado pela Ar.Co e pela Sociedade Nacional de Belas Artes. Mais tarde, em 2006, obtém um diploma na área da Animação Tradicional, na ETIC – Escola Tecnológica da Imagem e da Comunicação. Seguem-se dois anos de bacharelato de Pintura na Ar.Co. Prossegue então a sua formação na Europa Central, onde permanece até 2018, estudando em instituições de prestígio como a Gerrit Rietveld Academie, de Amesterdão, onde, de 2008 a 2011, fez um bacharelato de Belas Artes, ou como a Academia de Arte de Düsseldorf, onde estuda ao longo de dois anos com Thomas Grünfeld.
Entre 2010 e 2018, o jovem expõe regularmente, a solo e em grupo, em Portugal e no resto da Europa, em instituições e galerias de Lisboa, Amesterdão, Düsseldorf e Copenhaga. O seu trabalho é hoje dominado pela prática do desenho. Usa como meio toda a gama disponível de lápis de grafite, dando origem a obras de “extrema elaboração e minúcia, surpreendentes nas formas que assumem para expressar um conteúdo de pendor metafísico”.



Por último, representado nesta mostra está também João de Almeida, arquiteto formado nos anos 50 e 60, em Lisboa e em Basileia, tendo-se envolvido de perto nas novas tendências da Arquitetura e Arte Sacras, emergentes na Europa Central. Mais tarde, no âmbito da sua sociedade de arquitetos ARQUI III, realiza projetos relevantes, como o da total renovação interior do Museu Nacional de Arte Antiga (1982 a 1994), o do condomínio “Residências Príncipe Real” (1980), ao qual foi atribuído o Prémio Valmor, o do Edifício Sede da Expo 98, bem como muitos outros de caráter residencial.
Reformado da Arquitetura em 2003, retoma a grande paixão da sua juventude e da sua prevalecente formação cultural: o Desenho e a Pintura, até aí não explorados. O reconhecimento foi imediato, com conceituados historiadores e críticos de arte a comentarem o seu trabalho e exposições pela Europa (incluindo Portugal), e na China. Foto: DR / Arquivo

Partilhe este artigo no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *