Rita Lello é a madrinha do Festival ORIENTE-SE

A atriz Rita Lello é a convidada deste ano do Teatro Contra-Senso, para ser madrinha da terceira edição do ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador, que acontece em Lisboa, nos dias 19 e 26 de outubro e a 9 e 16 de novembro, no Auditório Fernando Pessa.

A terceira edição tem início no próximo dia 19 e, ao longo de quatro sábados, com um de intervalo, vai receber quatro grupos oriundos de várias zonas do País, tendo o Teatro Contra-Senso, sediado em Marvila e presentemente com 22 anos, como anfitrião deste evento cultural, que vai receber os grupos Gambuzinos com 1 Pé de Fora (Benedita), Teatro Independente de Loures, Theatron – Associação Cultural (Montemor-o-Novo) e a Ajidanha — Associação de Juventude de Idanha-a-Nova.
De acordo com a organização, este “é o primeiro festival de teatro da zona oriental de Lisboa e um evento cultural único nesta área da cidade”. Promover e apoiar os Grupos de Teatro Amador, fomentar o intercâmbio entre grupos, mostrar diferentes abordagens ao teatro, proporcionar à população momentos de lazer, cultura e entretenimento, bem como divulgar novos talentos e incentivar as manifestações culturais no País e na freguesia de Marvila são os objetivos do ORIENTE-SE.
A primeira edição aconteceu em 2017, tendo o ator Pedro Górgia como Padrinho. Já na segunda edição, em 2018, o festival foi apadrinhado por Marcantonio del Carlo e este ano cabe à atriz Rita Lello estar presente na abertura do ORIENTE-SE, no dia 19, pelas 21h30.



SAIBA MAIS SOBRE RITA LELLO
Filha dos atores Maria do Céu Guerra e Luís Lello, a convidada “não pensava seguir as pisadas dos pais”, tendo prosseguido os seus estudos na área da Tradução, no entanto, aos 22 anos decidiu enveredar pelo teatro. Estreou-se na Cornucópia com “O Conto de Inverno”, de Shakespeare, e passou por companhias como o Teatro Experimental de Cascais, Companhia Teatral do Chiado, Primeiros Sintomas, Teatro do Bolhão, Teatro Extremo e A Barraca.
No teatro é, não só atriz, como encenadora, tradutora e professora. É presença regular na televisão, à frente e atrás das câmaras, como atriz e diretora de atores.
Com efeito, Rita Lello “tem contribuído para a formação de jovens na área do teatro, que, com ela, têm dado os primeiros passos rumo ao ofício de ator”, refere o Teatro Contra-Senso, para o qual “esta dedicação tão versátil à nobre arte de representar é um exemplo” e, como tal, foi a eleita para madrinha desta terceira edição. Foto: Marlene Barreto



PROGRAMAÇÃO | ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador

19 de outubro, 21h30
“Antes a morte que tal sorte”
Gambuzinos com 1 Pé de Fora
(Benedita)

26 de outubro, 21h30
“Retalhos de Um Homem”
Teatro Independente de Loures
(Vila do Conde)

9 de novembro, 21h30
“Hotel da Bela Vista”
Theatron – Associação Cultural
(Montemor-o-Novo)

16 de novembro, 21h30
“A Refeição”
Ajidanha
(Idanha-a-Nova)

Partilhe este artigo no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *